Domingo, 14 de Agosto de 2022
(75) 99168-0053
Esportes Demissão

Após derrota, Guto Ferreira é demitido do Bahia

O Bahia anunciou na madrugada deste domingo

26/06/2022 07h19 Atualizada há 2 meses
Por: Ana Meire Fonte: Conectado News
Foto: Rafael Machaddo/EC Bahia
Foto: Rafael Machaddo/EC Bahia

O Bahia anunciou na madrugada deste domingo (26) a demissão do técnico Guto Ferreira, que havia chegado ao clube em outubro de 2021. A terceira passagem do treinador pelo tricolor não resistiu à sequência de derrotas nas últimas semanas. O clube publicou uma nota oficial por volta de 1h.

"O Esporte Clube Bahia comunica à Nação Tricolor que Guto Ferreira não é mais técnico do clube. Junto com ele, deixam o time os auxiliares Alexandre Faganello e André Luis, além do preparador físico Valdir Jr.", diz o texto do clube.

A última partida de Guto no comando do Bahia foi na tarde de sábado (25), na derrota por 1x0 contra o Novorizontino, pela 14ª rodada da Série B. Após o resultado negativo, o treinador concedeu entrevista coletiva normalmente e chegou a afirmar que teria tranquilidade para conduzir a equipe mesmo após três derrotas seguidas como mandante - as outras foram para Chapecoense (1x0) e Athletico Paranaense (2x1). 

“Futebol é assim, vínhamos de sete triunfos em casa seguidos, e agora temos três seguidos de derrota, sendo um Copa do Brasil. A mesma tranquilidade que a gente estava nós temos que ter agora. Porque não está tudo errado agora e não estava tudo certo naquela época", comentou Guto depois do jogo.

Em sua terceira passagem pelo Esquadrão, Guto Ferreira somou 47 partidas, com 20 vitórias, 10 empates e 17 derrotas. Além do rebaixamento do time no ano passado para a Série B (ele só comandou 14 das 38 rodadas), o Bahia foi eliminado na primeira fase da Copa do Nordeste e do Campeonato Baiano 2022.

No entanto, a demissão foi surpreendente porque a equipe está em 3º lugar no Brasileiro, com 25 pontos, com uma campanha constante dentro do G4. O time também disputará o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Athletico no dia 12 de julho.

O clube ainda não se pronunciou sobre o substituto do treinador. Se não houver um anúncio a tempo, o tricolor deve ser comandado pelo auxiliar português Bruno Lopes na próxima partida, terça-feira (28), contra o Brusque, no interior de Santa Catarina.

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.