Sábado, 25 de Maio de 2024
(75) 99168-0053
Política Eleições 2024

"Não é uma escolha, mas um chamado" diz Roberto Tourinho sobre ser vice de Zé Neto

Eleições 2024

11/05/2024 15h57 Atualizada há 2 semanas
Por: Hely Beltrão Fonte: Conectado News
Luiz Santos
Luiz Santos

Publicamos na manhã deste sábado (11), um artigo onde especulamos sobre quem seria escolhido para o cargo de vice do deputado federal e pré candidato a prefeitura de Feira, Zé Neto (PT), trazendo entre as possibilidade  a presidente Câmara de Vereadores de Feira de Santana, Eremita Mota (PP), que em uma entrevista concedida em maio do ano passado, ao ser indagada sobre a possibilidade respondeu "jamais deveremos dizer, dessa água não beberei" e o presidente do PSB Feira, Roberto Tourinho.

Em entrevista concedida ao Conectado News, concedida durante audiência pública para discutir a requalificação e modernização do Feiraguay, maior centro de comércio informal do Norte-Nordeste, ocorrida na noite de sexta (10), na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), ao ser indagado sobre a possibilidade de ser vice de Zé Neto, Tourinho disse que esta é uma decisão do governador e que vice não é uma escolha, mas um chamado.

"O PSB é um partido umbilicalmente ligado ao PT, temos hoje no governo do Estado a presença do deputado Angelo Almeida, ocupando a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a deputada Lídice da Mata, presidente estadual do PSB, na coordenação do candidato a prefeito de Salvador apoiado pelo PT, Geraldo Jr. (MDB) e em Feira de Santana está ao lado do deputado Zé Neto (PT). São normais as especulações, lembranças de nome, já ocupei sete mandatos como vereador, cargos de secretário, porém, ninguém é candidato a vice, mas um entendimento, uma composição e isso estará a cargo diretamente do nosso líder maior, que é o governador do Estado Jerônimo Rodrigues (PT), que está conduzindo esse processo, por esse motivo, aquele que vem a ser escolhido pelo governador seguramente contará com o apoio de todo o grupo que tem como objetivo maior e principal elegermos o deputado Zé Neto prefeito de Feira de Santana".

Tem se articulado para ser vice?

"De forma nenhuma, vice não é uma vontade própria, mas ser olhado como alguém que irá contribuir, o governador naturalmente fará a escolha levando em consideração critérios políticos, partidário ou de densidade, estou muito tranquilo com relação a isso".

Tem vontade?

"Eu gosto da política, sendo ou não, continuarei fazendo atuando, gosto de fazer política, meu primeiro mandato foi aos 23 anos, fiquei na Câmara por sete mandatos, gosto da política, não me prendo ao mandato, em 2012, não quis ser candidato a vereador, em 2016, disse que voltaria, fui candidato, ou seja, para mim, não é o mandato, vontade ou desejo, gosto de fazer política, aliás, existe um ditado que diz “quem nasce para quebrar licuri, morre com a pedra na mão”, então é uma coisa que eu gosto e vou continuar fazendo política. Não tenho vaidade, para vice não se coloca nome, ninguém é candidato a vice, há quatro anos, quis ser candidato a prefeito, aí foi diferente, decidi, informei aos companheiros, disse que não seria mais candidato a vereador, procurei o presidente do meu partido, o deputado Angelo, ali era uma vontade pessoal, é diferente, quis ser e fui candidato, fizemos uma belíssima campanha, apresentei minhas ideias e propostas, foi uma decisão minha ser candidato, quanto a ser vice, não é uma decisão, é um chamado, quem recebe esse chamado naturalmente cumpre ou dá sua contribuição, então posso dizer que eu estou completamente tranquilo quanto a isso", concluiu.

Reportagem: Luiz Santos e Hely Beltrão

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.