Sábado, 20 de Julho de 2024
(75) 99168-0053
Bahia Gasolina

Presidente da Sindicombustíveis Explica Aumentos nos Preços dos Combustíveis

Walter Tannus aponta privatização e política de preços da refinaria SELEN como principais causas dos aumentos recentes

09/07/2024 15h25
Por: Heber Araujo
Divulgação Sindicombustíveis
Divulgação Sindicombustíveis

Em entrevista para o programa Levante a Voz da Rádio Sociedade de Feira, o presidente da Sindicombustíveis, Walter Tannus, falou sobre os aumentos nos preços dos combustíveis na Bahia. Segundo Tannus, um dos principais fatores é a política de preços adotada pela refinaria SELEN, agora privatizada.

Ele explicou que essa refinaria ajusta seus preços com base na variação internacional do barril de petróleo e do câmbio do dólar, o que resultou em dois aumentos significativos nos últimos 15 dias. Além disso, destacou que declarações políticas infelizes contribuíram para a recente disparada do dólar, intensificando ainda mais os custos para os consumidores.

Quando questionado sobre a relação entre os aumentos da gasolina e do etanol, Tannus explicou que os preços do álcool frequentemente acompanham as variações da gasolina, tanto para cima quanto para baixo, refletindo a dinâmica do mercado.

Sobre as críticas à privatização das refinarias, o presidente da Sindicombustíveis defendeu a competição no setor como benéfica, citando recomendações de órgãos como o Tribunal de Contas da União. Contudo, ele reconheceu que a atual falta de refinarias competitivas no Brasil está contribuindo para os altos preços praticados.

Por fim, Tannus alertou para a complexidade na formação dos preços dos combustíveis, envolvendo não apenas os revendedores, mas também refinarias, impostos, transportadores e distribuidoras. Ele destacou a necessidade de uma análise ampla e histórica do mercado para compreender os movimentos de preços.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.