Sábado, 25 de Maio de 2024
(75) 99168-0053
Polícia Operação Faroeste

Advogado registra B.O após receber ameaça de investigada na Operação Faroeste

Boletim registrado na quinta (9)

10/05/2024 17h10 Atualizada há 2 semanas
Por: Hely Beltrão Fonte: Conectado News
Foto: Alan Oliveira/G1
Foto: Alan Oliveira/G1

O advogado criminalista Paulo Nogueira da Silva Neto, compareceu na tarde de quinta (9) na Delegacia Territorial de Polícia do município de Xique Xique/BA para registrar um Boletim de Ocorrência, após segundo ele, ter sido alvo de ameaças por parte da ex servidora do TJBA, a advogada, Ione Cristina Sampaio Righi, que atuava como assessora do desembargador Ivanilton Santos da Silva e segundo as investigações, tinha ligação com os alvos da Operação Faroeste, que aponta a existência de um suposto esquema de venda de decisões judiciais por juízes e desembargadores da Bahia, com a participação de membros de outros poderes, que operavam a blindagem institucional da fraude.

Ao Conectado News, o advogado disse que tudo foi motivado apenas por ter postado em suas redes sociais, o vídeo de uma reportagem da TV Bahia, referente ao mandado de busca e apreensão cumpridos no âmbito da Operação Mascavado, deflagrada em 30 de abril pelo GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais) do Ministério Público da Bahia.

"Sou operador do Direito, da Comarca de Xique Xique/BA, milito na área criminal, há algum tempo, a doutora Ione entrou em contato, minha conterrânea, me procurando para atuar em um processo de inventário acerca da sua colega que tinha falecido e que tinha deixado os bens, de imediato mencionei que não tinha interesse porque não é minha área, e ela desde então mencionou que era assessora de um desembargador e que o gabinete estava a minha disposição, como também qualquer processo meu que fosse levado à segunda instância ela estava à disposição, porque tinha o contato com qualquer desembargador e assessor e o pedido dela seria uma ordem, graças a Deus nunca necessitei de nenhuma solicitação nesse sentido, todos os meus processos que subiram foram julgados e deferidos porque meus clientes tinham realmente o direito. No dia 30 de abril, postei uma reportagem em minhas redes sociais acerca do desfecho da operação Faroeste, na quinta (9), fui surpreendido com várias mensagens da Dra. Ione em tom de ameaça, dizendo para eu tomar cuidado, que eu iria pagar caríssimo por ter divulgado nas redes sociais acerca da operação, que ela tinha muitos contatos lá por cima. De imediato, entrei em contato com a promotora que atua no município, mas ela não estava na Comarca, registrei o fato na promotoria, como também o Boletim de Ocorrência acerca do fato, agora aguardo o posicionamento do delegado que deve me ouvir, ficou marcado para a segunda (13) e aguardando também o posicionamento do Ministério Público acerca dos fatos relatados, tanto no Boletim de Ocorrência como na promotoria".

Leia na íntegra aqui o Boletim de Ocorrência.

Próximos Passos

"A Dra. Ione atualmente é ex-assessora, não trabalha mais no Tribunal de Justiça, por isso, vai incorrer no crime de ameaça, porque existe materialidade e autoria acerca do delito, será comprovado, porque tem a qualidade no sentido das mensagens, isso se comprova porque ela já tinha entrado em contato comigo anteriormente solicitando meus serviços, foi feita a ATA notarial, que será encaminhada ao delegado e também ao Ministério Público, acredito que será juntado no processo para dar prosseguimento onde ela está sendo investigada".

Representação OAB (Ordem dos Advogados do Brasil)

"Com certeza, após iniciar os procedimentos, encaminharei cópia do inquérito e solicitarei que a OAB se faça presente na apuração desse procedimento, o que não pode, é a sociedade diante de um fato como esse, permanecer calada, porque sou advogado, a partir do momento que é noticiado acerca de uma investigação dentro do Tribunal de Justiça, eu como operador do direito tenho total liberdade de vincular isso nas minhas redes sociais. Quem é uma investigada como a dra. Ione para vir em minhas redes sociais no meu privado me ameaçar? Temos que observar, inclusive nessa operação Faroeste, que pessoas morreram, é por isso que levo a sério essa denúncia que fiz, justamente para me resguardar, porque isso é uma tentativa de tentar silenciar um operador do direito e a quem está levando as informações para a sociedade".

Tentamos contato telefônico com a Dra. Ione via telefone e redes sociais, que afirmou que não ia se manifestar.

Reportagem: Hely Beltrão

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.