Quarta, 20 de Outubro de 2021
(75) 99168-0053
Anúncio
Justiça Pisão

"Roberto Jefferson vai continuar preso", diz Alexandre de Moraes

Após receber alta hospitalar, o presidente do PTB, Roberto Jefferson, deve retornar à cadeia

14/10/2021 06h19 Atualizada há 6 dias
Por: Ana Meire Fonte: Conectado News
 Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF
Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

 

Após receber alta hospitalar, o presidente do PTB, Roberto Jefferson, deve retornar à cadeia, determinou na quarta-feira, 13, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

"Mantive a prisão preventiva de Roberto Jefferson Monteiro Francisco, reputando-a necessária e imprescindível à garantia da ordem pública e à instrução criminal. O quadro fático delineado na decisão supracitada permanece hígido, não havendo razões, neste momento processual, a indicar a possibilidade de revogação da prisão preventiva, ainda que mediante imposição de medidas cautelares diversas”, escreveu o ministro.

Depois de passar 35 dias internado, o ex-deputado teve alta na última quarta-feira, 6, e aguardava uma decisão do Supremo para saber se voltaria para a cadeia ou seguiria para prisão domiciliar. No período em que esteve no Hospital Samaritano da Barra, Jefferson tratou uma infecção urinária e depois foi submetido a um cateterismo.

"Assim, diante das informações de que o quadro de saúde de Roberto Jefferson Monteiro Francisco evoluiu de modo a permitir sua alta médico-hospitalar, conforme consignado pelo Hospital Samaritano Barra – local indicado pelo próprio custodiado para o seu tratamento –, é certo que o retorno ao cárcere, neste momento processual, é a medida que se impõe, desde que, efetivamente, a alta hospitalar seja concedida pela equipe médica responsável", acrescentou Moraes.

O presidente do PTB teve a prisão preventiva decretada em 13 de agosto, no âmbito do inquérito das milícias digitais, que é uma continuidade do inquérito dos atos antidemocráticos.

Em setembro, Moraes autorizou que Jefferson deixasse a prisão para realizar tratamento médico e manteve o uso de tornozeleira eletrônica.

 

Fonte A Tarde

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.