Quinta, 25 de Abril de 2024
(75) 99168-0053
Esportes Vitória

De virada Vitória vence o Bahia no Barradão

Bahia e Vitória protagonizaram um dos jogos mais emocionantes do futebol brasileiro

31/03/2024 17h47 Atualizada há 3 semanas
Por: Ana Meire Fonte: Conectado News
- Foto: Olga Leiria | Ag. A TARDE
- Foto: Olga Leiria | Ag. A TARDE


Bahia e Vitória protagonizaram um dos jogos mais emocionantes do futebol brasileiro neste domingo, 31, no Barradão, pela ida da final do Campeonato Baiano. E quem se deu melhor foi o Rubro-Negro, que levou um duro baque ao ver o rival abrir 2 a 0, mas se recompôs e conseguiu a virada para 3 a 2 com direito a gol no último minuto. Thaciano e Cauly fizeram os gols do Tricolor, enquanto Mateus Gonçalves (2x) e Iury Castilho marcaram para o Leão. 
Mais travado
Com o apoio da torcida, o Vitória assumiu o controle do jogo e tomou conta da posse de bola no início da partida, mas sem muita efetividade. Isso porque ambas as equipes estudavam muito o confronto, jogando com certa cautela, impedindo que o Leão criasse uma chance clara de gol. 
Foi apenas aos 16 minutos da etapa inicial que a primeira chance concreta do jogo aconteceu, e foi para a equipe comandada por Léo Condé. Após grande lambança do goleiro Marcos Felipe, que repôs mal, a bola sobrou para Alerrandro apenas empurrar para a meta Tricolor, mas o camisa 9 do Leão acabou tocando a bola para fora.
Dez minutos depois da primeira chance clara do jogo, aos 27 da primeira etapa, o Bahia construiu uma bela jogada pelo lado esquerdo do campo e Jean Lucas encontrou Cauly invadindo a área rubro-negra em boas condições para abrir o placar, mas quando armou o chute, foi bloqueado pela defesa do Leão. Na sequência, por volta dos 31 minutos, criou-se um alvoroço dentro da área do Esquadrão, mas o lance resultou em falta de ataque do camisa 9 do Vitória, Alerrandro. 
No apagar das luzes da primeira etapa, o Esquadrão quase abre o placar. Após escanteio, a bola sobrou para Caio Alexandre do lado direito, que levantou a bola na área defendida por Lucas Arcanjo, e Thaciano quase balançou as redes, mas Wagner Leonardo apareceu no último segundo e tirou o gol em cima da linha.
Show de gols
Antes do primeiro minuto do segundo tempo ser finalizado, o Tricolor de Aço abriu o placar no Barradão. Após recuperação de bola da equipe comandada por Rogério Ceni, Luciano Juba encontrou Cauly fazendo a ultrapassagem e o camisa 8 da equipe azul, vermelha e branca, só precisou tocar para Thaciano empurrar a bola para o fundo do gol, o segundo dele em Ba-Vi’s.
Após o gol tricolor, a equipe rubro-negra precisou ir para cima do rival, cercando a área do Bahia, e depois de muito insistir, aos 6 minutos do segundo tempo, o Leão encontrou uma boa oportunidade de finalizar com Alerrandro, mas Marcos Felipe estava atento ao lance e fez a defesa.
Mesmo com a pressão imposta pelos comandados de Léo Condé depois do tricolor abrir o placar, foi o Bahia que conseguiu balançar as redes de novo, desta vez com Cauly, aos 17 minutos, que recebeu belo cruzamento de Luciano Juba.
No entanto, o Leão da Barra não se deixou intimidar pela vantagem de dois gols do rival, e por volta dos 23 minutos da etapa final, Matheus Gonçalves, que havia acabado de entrar, e que foi destaque negativo no último Ba-Vi, marcou o primeiro gol do Vitória no jogo, recolocando a equipe rubro-negra na partida.
Após o gol marcado pelo Vitória, apesar da imposição posta pela equipe comandada por Léo Condé, o Bahia criou mais uma boa oportunidade em um contra-ataque, que quase resultou em um gol contra do Leão da Barra, depois do cruzamento de Ademir. Entretanto, o Leão da Barra conseguiu empatar o duelo, mais uma vez com Matheus Gonçalves, já no final da partida, por volta dos 45 minutos do segundo tempo. 
Já no último minuto do segundo tempo, o Leão da Barra conseguiu virar o jogo com Iury Castilho, após o time estar perdendo por 2 a 0, dando da final ao Vitória.
Decisão do Baianão
As equipes voltam a se enfrentar daqui a sete dias, no dia 7, desta vez, na Arena Fonte Nova, às 16h, com mando de campo do Tricolor de Aço, que tem a oportunidade de decidir a finalíssima dentro da casa, por ter sido o líder geral da competição na primeira fase e possuir o melhor saldo de gols do torneio. 

 

Fonte A  Tarde

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.