Sábado, 20 de Julho de 2024
(75) 99168-0053
Polícia Carnaval 2024

Vítima de tentativa de homicídio no terceiro dia de carnaval tem passagem pela Polícia, afirma secretário Marcelo Werner

Secretário de Segurança Pública

11/02/2024 18h11 Atualizada há 5 meses
Por: Hely Beltrão Fonte: Conectado News
Luiz Santos
Luiz Santos

Em entrevista ao Conectado News na manhã deste domingo (11), o secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia, Marcelo Werner, afirmou que a vítima de tentativa de homicídio no Carnaval de Salvador 2024, no sábado (10), próximo ao Relógio de São Pedro, no circuito Osmar, já possui passagem pela Polícia e que uma das linhas de investigação é briga entre facções.

"O investimento em segurança de mais de R$ 80 milhões de reais devido aos acontecimentos no sábado (11) não foi por acaso, tivemos um apagão na Barra que durou  mais de uma hora, um atraso de mais de 3 horas na saída dos trios, fazendo com que haja uma concentração maior de pessoas, porque elas seguem os trios e os blocos, três horas concentrando pessoas em um único local da cidade causa um transtorno muito grande, mesmo assim, de forma responsável, preservando vidas e a operação de segurança, adotamos as medidas necessárias para que uma coisa pior não acontecesse. Durante o apagão, acionamos a Central de Controle e Segurança, para garantir a ordem no local, viaturas das polícias Civil e Militar permaneceram no local evitando que o pior acontecesse, só existia a iluminação dos trios, que por estarem atrasados há mais de 3 horas, tinham que continuar, também não podiam ficar esperando, pois, se parasse, seria ruim para a operação de segurança, paralelo a isso, acontecia um evento no Campo Grande, próximo a Praça Castro Alves, um local de histórico complicado, onde fizemos um patrulhamento robusto também, não gostaríamos que tivesse nenhum evento, mas, tenho que buscar a experiência nisso e mostrar a responsabilidade e expor o atendimento da rede. A pessoa que foi vítima, seja por uma disputa de facções ou não, é uma linha que só a investigação que está em curso vai determinar, como em outros fatos ocorridos no circuito, a polícia agiu, temos imagens de policiais correndo atrás do suspeito de imediato, o Bombeiro Militar chegou, fez os primeiros socorros aquela pessoa, deslocou a unidade mais próxima do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) o SAMU contactado, acionamos a rede do HGE (Hospital Geral do Estado) e conseguimos fazer o transporte da vítima de imediato, Com certeza essa integração, a rede bem aprimorada foi responsável por evitar uma morte no circuito, no sábado (10) não gostaria de  estar dando explicação a respeito da tentativa de homicídio, mas para mim seria pior se a vítima tivesse vindo a óbito. Essa vítima tem passagem sim, a investigação está sob sigilo, preservamos assim para que não haja prejuízo, mas posso adiantar que uma das teses é de briga durante o circuito, a investigação está avançando e a sua conclusão é que vai determinar".  

Policial que teve a arma roubada

"Essa situação também está sendo apurada, realizamos ações na região onde houve o extravio para recuperação dessa arma, dois eventos seguidos a partir da quarta (7) geraram confrontos a partir da resistência de faccionados naquela região, o policiamento segue reforçado na localidade, orientamos e capacitamos nossos policiais da melhor forma possível, não queremos que isso aconteça, continuaremos trabalhando não só para a recuperação da arma, mas para capacitar cada mais o profissional da segurança pública. Nos locais onde há aglomeração de pessoas isso pode acontecer, não é usual, mas confiamos que esse armamento será recuperado. Foram abertos dois procedimentos, um na Corregedoria da Polícia Militar e outro na Corregedoria Geral da Secretaria de Segurança Pública, que a depender da conclusão, ele pode ser punido", concluiu.

Reportagem: Luiz Santos e Hely Beltrão

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.