Terça, 25 de Junho de 2024
(75) 99168-0053
Dólar comercial R$ 5,39 -0.011%
Euro R$ 5,79 -0.035%
Peso Argentino R$ 0,01 +0.571%
Bitcoin R$ 347.616,26 +1.831%
Bovespa 122.636,96 pontos +1.07%
Economia Internacional

G7 discute uso de ativos russos congelados para apoiar financeiramente a Ucrânia

Reunião na Itália foca em opções de financiamento

25/05/2024 11h31 Atualizada há 1 mês
Por: Heber Araujo Fonte: Conectado News
Divulgação G7
Divulgação G7

Os chefes do G7 discutiram neste sábado (25) maneiras de utilizar a renda futura dos ativos russos congelados para ajudar a Ucrânia. Desde a invasão russa em fevereiro de 2022, cerca de US$ 300 bilhões em ativos russos foram congelados pelo G7.

Durante a reunião em Stresa, no norte da Itália, os ministros das finanças e banqueiros centrais planejaram apresentar opções de financiamento para a Ucrânia, devastada pela guerra, aos chefes de governo do G7 em uma cúpula prevista para meados de junho. O ministro das Finanças da Ucrânia, Serhiy Marchenko, também participou do encontro.

Os ativos russos permanecerão imobilizados até que a Rússia pague pelos danos causados à Ucrânia, conforme discutido pelos ministros. Além do apoio à Ucrânia, o G7 também abordou preocupações sobre as políticas industriais da China e o impacto do excesso de capacidade industrial, destacando a necessidade de garantir condições de concorrência justas.

Fonte: G1 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.