Domingo, 14 de Agosto de 2022
(75) 99168-0053
Polícia Morte

Compositor Fernando Magarça é assassinado a tiros

Ele não chegou a receber atendimento médico

04/08/2022 06h56 Atualizada há 1 semana
Por: Ana Meire Fonte: Conectado News
Foto: Reprodução/redes sociais
Foto: Reprodução/redes sociais

O compositor Fernando Alberto da Silva, Fernando Magarça, de 53 anos, foi morto a tiros, na tarde de quarta-feira, 3, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Militar, ele não chegou a receber atendimento médico, e morreu no local do crime. 

O caso ocorreu na Avenida Dom João VI, no bairro Guaratiba. Equipes do 27º BPM (Santa Cruz) foram acionadas para atender a uma ocorrência de disparos de arma de fogo na via, e seguiram para o local. Ao chegar, se depararam com a vítima já morta. 

Ainda segundo as autoridades, o corpo do sambista estava próximo a um veículo de passeio. Equipes do Corpo de Bombeiros também foram chamadas para atender a ocorrência, que permanece em andamento. A Polícia Civil investiga a autoria do crime. 

Fernando Magarça escreveu músicas para vários cantores brasileiros, como Dudu Nobre, Zeca Pagodinho, Alcione, Neguinho da Beija-Flor, além dos grupos Revelação e Molejo. Entre as canções conhecidas estão "Amor que tenho pra te dar”, “Fé e raíz” e “Cangaceiro”. O sambista também estava a frente, desde 2017, da Sociedade Brasileira de Autores, Compositores e Escritores de Música (SBACEM). 

Em uma nota divulgada nas redes sociais, a SBACEM afirma que estão consternados e entristecidos com a notícia da morte de Fernando Magarça, que pegou a todos de surpresa.

"Não temos maiores detalhes neste momento. Vivemos em uma cidade com altos índices de violência e com sensação de insegurança constante, mas esperamos que as autoridades públicas possam esclarecer o ocorrido. Nossos sentimentos estão com os familiares e amigos do Fernando Magarça neste momento de luto e dor". 

 

 

 

Fonte Terra

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por SBACEM - Direito Autoral (@sbacembr)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.