Domingo, 14 de Agosto de 2022
(75) 99168-0053
Artigo Artigo

Falta educação no trânsito

Por: Luiz Santos

29/06/2022 15h09 Atualizada há 1 mês
Por: Hely Beltrão Fonte: Conectado News
Foto internauta
Foto internauta

Em publicação recente neste espaço falamos sobre o alto índice de acidentes de trânsito registrados no Brasil e provocados por imprudência de motoristas, sejam eles idosos, jovens, homens ou mulheres. As infrações neste sentido são gritantes e tem levado o Brasil a ocupar o 5⁰ lugar no mundo como o país que mais mata no trânsito, alcançando 22 mortes por 100 mil habitantes, sendo que um terço dessas mortes é de motociclistas, segundo dados do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea).

Sou um crítico das chamadas "Indústria da multa", quando vivemos um verdadeiro Big Brother e somos filmados, monitorados em  avenidas, ruas, rodovias federais ou estaduais enfim. As câmeras estão lá prontas e exclusivamente para multar motoristas infratores, mas mesmo com todo esse monitoramento, na maioria das vezes somos mal educados no trânsito e queremos sempre dar aquele famoso jeitinho brasileiro, ou seja, levar vantagem em tudo. 

Nesta quarta-feira, 29/06, recebemos duas fotos enviadas por um internauta cuja imagem por si só diz tudo: a falta de educação de um motorista profissional (caminhoneiro) que estacionou, ou simplesmente atravessou o veículo em uma das ruas mais movimentadas do centro de Feira de Santana, a Marechal Deodoro da Fonseca, espaço que passa por uma ampla reforma. A outra, de um trator estacionado no canteiro central da Avenida Presidente Dutra. Esse tipo de infrator não deveria pagar multa simplesmente, deveria ter o veículo retido por alguns dias e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa imediatamente.

Por mais que se critique os gestores por aplicação de multa diante da foto referida, não resta dúvidas que, neste caso, contra "fotos" não há argumentos. Sejamos mais educados e menos imprudentes. Somente assim reduziremos o número de mortes no trânsito e pagaremos menos multas.

Por Luiz Santos - Jornalista e Radialista

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.