Quinta, 30 de Junho de 2022
(75) 99168-0053
Política UPB

"Recomendamos prudência, com os gastos do São João", diz Zé Cocá, presidente da UPB

Em entrevista concedida na segunda, 16

17/05/2022 11h03 Atualizada há 1 mês
Por: Hely Beltrão Fonte: Conectado News
PM Jequié
PM Jequié

Após 02 anos de festas proibidas por conta das aglomerações, com o propósito de diminuir a disseminação da COVID-19, o São João no nordeste volta com tudo, e algumas prefeituras já divulgaram sua grade de atrações, algumas chamam bastante atenção por conta do alto valor do cachê cobrado por muitos destes artistas, para municípios de pequeno porte. 

Leia mais: Abra o olho Ministério Público!

Em entrevista ao Conectado News, o prefeito de Jequié e presidente da UPB (União dos Municípios da Bahia) Zenildo Brandão Santana, mais conhecido como Zé Cocá (PP), recomendou prudência nos gastos com as festividades e reforçou a importância dos festejos juninos para a economia, "muita prudência, e que os municípios tenham condições de fazerem suas festas, há municípios em que sua estrutura gira em torno dos festejos juninos, a exemplo de Amargosa, Ibicuí, Cruz das Almas, gerando renda, emprego, movimentando a cidade, tem pessoas que ficam ano todo se preparando para o festejo. Há municípios que não tem essa tradição, fazendo um São João local pensando na questão interna, nas famílias do município,  mas que antes de tudo os prefeitos tenham cautela para não fazer uma despesa que não tenha orçamento para pagar, sempre faça aquilo que está dentro da questão orçamentária, inclusive pedimos a prorrogação da proposta da BahiaTursa, e foi estendida até o final desse mês, para que os municípios apresentassem as propostas de apoio ao São João, espero que o Estado ajude,  principalmente os municípios de pequeno porte, que dificilmente gastam 100, 200, 300, 500 mil no festejo sem apoio da BahiaTursa", disse.

Falando de Política

Zé Cocá foi questionado sobre os últimos acontecimentos no cenário político estadual, onde mesmo após João Leão (PP) ter desembarcado do governo e ter declarado apoio ao pré-candidato ACM Neto (UB), boa parte dos prefeitos da sigla mantiveram-se ao lado de Rui Costa (PT). Sobre isso, o presidente da UPB minimizou e disse que tem certeza de que a maioria apoiará a chapa de oposição, "O PP tem quase 100 prefeitos, se avaliarmos, quantos declararam apoio a Jerônimo? A minoria absoluta, pois há prefeitos que esperam assinatura de convênios, outros tem de fato ligação com o governo, porém, grande parte dos prefeitos do PP com certeza ficarão com ACM Neto (UB), não existe unanimidade na política, o governador está assinando convênio todos os dias, municípios pequenos que estão assinando milhões em convênio, governo está dando o mundo para manter a base aliada, vamos avaliar isso, teremos certeza de quem fica a partir do mês de julho, a maioria dos prefeitos estão quietos, não se comprometendo, mas pode ter certeza que a maioria absoluta do PP ficará com ACM Neto e João Leão", afirmou.

Reportagem: Luiz Santos e Hely Beltrão

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.