Domingo, 14 de Agosto de 2022
(75) 99168-0053
Política São Gonçalo

Prefeito de São Gonçalo dos Campos realiza evento com aglomeração e Corpo de Bombeiros participa

Tarcísio Pedreira se manifestou no twitter questionando. “Rui Costa mandou a PM

14/01/2022 09h58 Atualizada há 7 meses
Por: Ana Meire Fonte: Conectado News
Fotos Redes sociais
Fotos Redes sociais

Assim como fez em relação ao Carnaval e ao Réveillon, o governador Rui Costa (PT) informou que o Estado não prestará suporte a qualquer prefeitura que decida realizar festas municipais, a decisão é  em razão do aumento de casos do novo Coronavírus e do surto de gripe. Atualmente, estão permitidos eventos privados em todo o estado com público de até 3 mil pessoas conforme novo decreto. Leia mais 

https://www.conectadonews.com.br/noticia/15798/numero-de-publico-em-eventos-e-reduzido-para-3-mil-na-bahia

Em decorrência as restrições impostas pelo governador a  Polícia Militar(PM) do Estado Bahia, através da CPRN /67º CIPM  recusou a solicitação do prefeito do município São Gonçalo do Campos, Tarcísio Pedreira (Solidariedade) em acompanhar os cortejos da festa em celebrações pelo dia do Padroeiro da cidade, São Gonçalo do Amarante que aconteceu na quinta-feira(13). 

Tarcísio Pedreira se manifestou no twitter questionando. “Rui Costa mandou a PM suspender os festejos do nosso padroeiro. Alguém pode me explicar? Há dois dias, eu me reuni com três coronéis e fizemos um acordo. A minha parte eu cumpri”, disse. 

A festa pública que reuniu dezenas de pessoas, contou com a segurança da Guarda Municipal e do Corpo de Bombeiros do Estado da Bahia. 

Em declarações ao Conectado News, o Corpo de Bombeiros informou que esteve presente no evento de forma preventiva. “Um evento como esse é propenso a acontecer qualquer tipo de coisa e nós não temos uma base do Corpo de Bombeiros lá em São Gonçalo, a unidade mais próxima é 17km. Então mandamos um preposto para lá, não para cobrir o evento, mas para estar observando, caso acontecesse de fato alguma ocorrência”, afirmou a Major Laiza. 

Em fotos chegadas à equipe do Conectado News, mostra a viatura do Corpo de Bombeiros acompanhado o cortejo e jogando água nas pessoas, questionada sobre isso, a major explica. “O Comando não orientou a equipe tomar essa atitude, vamos apurar o que aconteceu. A orientação era para estar presente de forma preventiva”, disse. 

Ainda em entrevista, a major afirmou que não recebeu nenhuma notificação do Governo do Estado impedindo que a base do Corpo de Bombeiros apoiasse o evento.

 

 

 

Reportagem Engledy Braga

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.