Terça, 24 de Maio de 2022
(75) 99168-0053
Artigo Caso HTO

Essa não é a primeira vez, esperamos que seja a última

Por Luiz Santos

23/10/2021 08h00 Atualizada há 1 mês
Por: Ana Meire Fonte: Conectado News
Foto Luiz Santos
Foto Luiz Santos

Quanto vale a vida do ser humano? Para um médico, deveria não ter preço, ser inegociável. Mas o capitalismo adentrou as portas do SUS, especificamente no Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO) em Feira de Santana-Ba. Diz o ditado popular, o pote todo dia vai na fonte e volta, mas um dia ele quebra, não há mal que dure para sempre,a mentira tem perna curta, o sabido quando cai, a queda é grande.

A prisão em flagrante do estudante de medicina no interior do HTO SUS na sexta-feira (22), se passando por médico, é reflexo de uma rotineira e infeliz prática, conforme informações de ex- funcionários da referida empresa, reveladas a este portal de notícias. “Se espremer o HTO, sai sangue de tanta coisa errada.  As medicações são as mesmas, é obrigatório colocar imobilização em praticamente 100% dos pacientes e administrar um anti inflamatório. É um tutorial do que fazer. Ele [Dr Fernando] já colocou um técnico para atender por ele, diversas vezes”, relatou a  fonte.

As revelações são gravíssimas e  muitos dos profissionais que atuam no HTO sabem da prática do ortopedista, e proprietário do hospital, Dr Fernando Rocha, o também padrasto do jovem estudante de medicina preso. 

A corrupção está nas veias desse país, e até  quando isso vai continuar pessoas desonestas  lavando  e levando o dinheiro da sociedade?. Quantos doutores Fernandos vão colocando em risco a vida do cidadão, principalmente dos mais vulneráveis?

 

Veja vídeo 

Por Luiz Santos 

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.