Quarta, 20 de Outubro de 2021
(75) 99168-0053
Anúncio
Polícia violência

Denúncia: Policiais civis, militares e moradores são impedidos de criar grupo para combate à violência no bairro Jardim Cruzeiro

Policias militares e civis da ativa e da reserva juntamente com moradores do bairro Jardim Cruzeiro

12/10/2021 08h21 Atualizada há 1 semana
Por: Ana Meire Fonte: Conectado News
Foto Conecatdo News -vídeo
Foto Conecatdo News -vídeo

 

Policias militares e civis da ativa e da reserva juntamente com moradores do bairro Jardim Cruzeiro foram impedidos de criar um grupo para combater a onda de crimes que vem acontecendo, assaltos,homicídios  tentativas e latrocínio.  Relembre aqui https://www.conectadonews.com.br/noticia/12537/assalto-moradores-do-bairro-jardim-cruzeiro-pedem-socorro

Os policias foram denunciados ao Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL),que seria um grupo de extermínio. Um morrador  nega acusação. 

Em entrevista ao repórter Carlos Valadares do site Página de Notícias, um outro morador contou que a ideia de formar o grupo foi devido  o alto  índice de violência, as pessoas estão sendo impedidas pelos marginais de fazer caminhadas, ir ao supermercado e até ficar em frente de suas residências,relata.

No dia 30 de setembro foi assassinado José Antônio Santos Freitas durante um assalto em um barzinho.Leia mais 

https://www.conectadonews.com.br/noticia/12371/assalto-em-bar-deixa-um-morto-e-outro-ferido-em-feira

“ O grupo foi denunciado ao Comando de Polícia Regional Leste (CPRL) que seria “grupo de extermínio” o morador esclarece que em hipótese alguma pensou em matar alguém, somos pais de família, responsáveis, policias civis e militares que devemos satisfação à sociedade feirense e jamais passaria pela cabeça  passar para esse lado, infelizmente fomos maus interpretados por algumas pessoas e nos denunciaram ao CPRL.".diz.

Um policial militar afirma que o efetivo da 66ª Companhia da PM é pequeno não dar para estar em dois lugares e nesta quarta-feira (13) um integrante do grupo será ouvido pelo Comando.

No  último domingo (10), estava previsto uma Caminhada pela Paz no jardim cruzeiro, mas foi impedid pela policia.

Segundo informações  o site O Protagonista vários funcionários do Hospital da Mulher já foram assaltados na saída ou chegada no local de trabalho e alguns carros foram furtados no entorno do hospital.

No dia (6/10), O Conectado News recebeu vídeos de moradores da região pedindo socorro por conta do aumento de assaltos, as imagens  mostram a ação dos bandidos, pessoas sendo assaltadas em plena luz do dia.

Veja vídeos

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.